18 abril 2013

2

O Príncipe Tomou a vacina H1N1 & ALGUMAS INFORMAÇÕES



 Pois é aqui o Enzo ja tomou a vacina na terça feira dia 16/04/2013 na parte da tarde fomos ao pediatra dele chegando lá fomos informado pela secretaria que ela tinha acabdo d eligar avisando que ia chegar 4:00 { e 4:30 eu tinha consulta no G.O então não dava, achei um descaso pocha pq não ligo antes e não ligo para a gente? dizem que ela tinha acabado de ligar mais duvido. } nesse dia ia pergunta para pediatra sobre a vacina e depois davamos, então  eu decidi ir da naquela hora , como sempre saio com a carteira de vacina do Enzo na bolsa então fomos eu e minha mãe. Chegando la um senhor mal educado passo na nossa frente mais tudo bem . quando chego a vez do Enzo eu falei pra minha mãe ir ela não quis. {{ tava com dó da picadinha que ele ia leva }} então fui ele ja fico assustado em ver aquele povo de branco..kkkkk e sigurei ele para ela dar a vacina na coxinha ele choroum pouco na hora mais depois parecia que nem tinha tomado vacina..kkkkkk saiu rindo e brincando.
Minha mãe deu uma bolacha molinha molinha de sabor de coco ela se des faz na boca ele foi comendo ate chegarmos em casa, fico co a boca toda branca muito lindo..
Bom ele não teve nenhuma reação, tem bebe que tem febrinha fica chatinho, isso vai de cada bebe.

Há vi mutas mamães ficarem com medo pq deu a vacina quando o bebe tava gripado ou nem tava gripado e ficou depois ou piorou a gripe { perguntei a amigas a mulher do posto que deu a vacina e ela disse que e normal isso e uma reação a vacina que diz que ta emunizado mais nem todas crianças tem essa reação }} #ficaadica

Há e as mamães que tão com medo ainda, a pediatra do Enzo me conto uns caso que aconteceu com a paciente dela, e também uma amiga comentou ni uma postaguem que publiquei no face antes de dar a vacina que tava com medo de dar e olha oque ela escreveu , ela e uma de  muitas que aconteceu com o bebe e se salvou por causa da vacina

" Olha meninas não sei se vcs lembram mais Gustavo teve suspeita de gripe h1n1 ele internou ficou 14 dias fez todo o tratam,ento e ainda estava com broncolite esses foram os piores 14 dias da minha vida so que o trtamento o ajudou tanto q a menina que ficou com ele uma semana enquanto eu estava doiente estava com a gripe ela morreu e meu filho graças a Deus não pegou ou seja a vacina protege quase q 100% vale a pena dar e melhor previnir e esta senhora con certesa ja tinha lgo antes amanha vou levar meu filho pra tomar a vacina"

viu uma vida foi salva por ajuda da vacina..
Ela não protege totalmente mais ajuda.. *-*
ai fica com vocês de dar ou não

Eu ja dei e vou dar a 2 dose daki 30 dias, e não me arrependo pois penso melhor previnir do que remediar




Ele ja em casa depois da vacina  todo feliz e brincando, essa hora ele tava tentando alcançar o cadiado pra tranca o portão..kkkkk viu como nem parecia que ele tinha tomado vacina?


Ai meu deus assim eu me desmancho toda, alguém manda ele parar de ser tão lindo?




GRIPE H1N1

A gripe H1N1, ou influenza A, é provocada pelo vírus H1N1 da influenza do tipo A. Ele é resultado da combinação de segmentos genéticos do vírus humano da gripe, do vírus da gripe aviária e do vírus da gripe suína, que infectaram porcos simultaneamente.
O período de incubação varia de 3 a 5 dias. A transmissão pode ocorrer antes de aparecerem os sintomas. Ela se dá pelo contato direto com os animais ou com objetos contaminados e de pessoa para pessoa, por via aérea ou por meio de partículas de saliva e de secreções das vias respiratórias. Experiências recentes indicam que esse vírus não é tão agressivo quanto se imaginava.
Segundo a OMS e o CDC (Center for Deseases Control), um centro de controle de enfermidades, nos Estados Unidos, não há risco de esse vírus ser transmitido através da ingestão de carne de porco, porque ele será eliminado durante o cozimento em temperatura elevada (71º Celsius).
Sintomas
Os sintomas da gripe H1N1 são semelhantes aos causados pelos vírus de outras gripes. No entanto, requer cuidados especiais a pessoa que apresentar febre alta, acima de 38º, 39º, de início repentino, dor muscular, de cabeça, de garganta e nas articulações, irritação nos olhos, tosse, coriza, cansaço e inapetência. Em alguns casos, também podem ocorrer vômitos e diarreia.
Diagnóstico

Existem testes laboratoriais rápidos que revelam se a pessoa foi infectada por algum vírus da gripe. No caso do H1N1, como se trata de uma cepa nova, o resultado demora aproximadamente 15 dias. No entanto, nos Estados Unidos, já foram desenvolvidos “kits” para diagnóstico, que aceleram o processo de identificação do H1N1.

A vacina contra a influenza tipo A é feita com o vírus (H1N1) da doença inativo e fracionado. Os efeitos colaterais são insignificantes se comparados com os benefícios quepode trazer na prevenção de uma doença sujeita a complicaçõesgraves em muitos casos.
Existe ainda uma vacina com ação trivalente, poisimuniza contra o H1N1e o H3N2 dainfluenza A e contra o da influenza B.
É bom lembrar que avacina contra gripe sazonal que está sendo distribuída atualmente no Brasil foi preparada a partir de uma seleção de subtipos de vírus que representavam ameaça antes de aparecer o H1N1, uma variante nova de vírus influenza tipo A.
Tratamento
É de extrema importância evitar a automedicação. O uso dos remédios sem orientação médica pode facilitar o aparecimento de cepas resistentes à medicação Os princípios ativos fosfato de oseltamivir e zanamivir, presentes em alguns antigripais (Tamiflu e Relenza) e já utilizados no tratamento da gripe aviária, têm-se mostrado eficazes contra o vírus H1N1, especialmente se ministrados nas primeiras 48 horas, que se seguem ao aparecimento dos sintomas.
Recomendações
Para proteger-se contra a infecção ou evitar a transmissão do vírus, o Center Deseases Control (CDC) recomenda:
* Lavar frequentemente as mãos com bastante água e sabão ou desinfetá-las com produtos à base de álcool;
* Jogar fora os lenços descartáveis usados para cobrir a boca e o nariz, ao tossir ou espirrar;
* Evitar aglomerações e o contato com pessoas doentes;
* Não levar as mãos aos olhos, boca ou nariz depois de ter tocado em objetos de uso coletivo;
* Não compartilhar copos, talheres ou objetos de uso pessoal;
* Suspender, na medida do possível, as viagens para os lugares onde haja casos da doença;
* Procurar assistência médica se surgirem sintomas que possam ser confundidos com os da infecção pelo vírus da influenza tipo A.


Vacinação Influenza A/H1N1


A vacinação contra a influenza A/H1N1 segue as recomendações das sociedades médicas e científicas internacionais, para manter o sistema de saúde em funcionamento e reduzir ao máximo o número de casos entre a população. Assim foi determinado que os grupos sociais mais vulneráveis à gripe seriam vacinados. São eles:
  • Trabalhadores de serviços de saúde;
  • População indígena;
  • Gestantes;
  • População com morbidade.

Além das medidas recomendadas a vacinação foi ampliada para uma grande parcela de população saudável. Levando em conta um cruzamento de dados o Ministério da Saúde determinou mais três públicos:
  1. Crianças saudáveis maiores de seis meses e menores de dois anos
  2. Adultos saudáveis de 20 a 29 anos.
  3. Adultos saudáveis de 30 a 39 anos.

Bom meninas achei um absurdo criança de 2 anos e nos mesma não podermos tomar, mais bandidos podem? engraçado né a gente paga e a gente e nossos filhos não utiliza? que mundo a gente tá? ha me faça um favor né, essa vacina e muito importante e deveria distribuir para todo mundo poxa

segue uma foto que diz tudo

Foto

2 comentários :

  1. Também levei o arthur pra tomar a vacina. Eles já sao rapazes mal choram com a vacina kk, nos ficamos com mais medo que eles.
    Adorei a foto de vcs dois, ficou linda!
    Obrigada pela dicas :D
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é tão uns rapazes né
      de nada
      bjs

      Excluir

Comenta *-* adoramos comentários *-*